Primeiro turno do Brasileirão Assaí tem recorde de público

da bet sport: : A vitória do Athletico-PR contra o Cuiabá por 2 a 0 nesta terça-feira (15), na Ligga Arena, em Curitiba, simbolizou o fim do primeiro turno doBrasileirão Assaí, que tem sido um dos maiores da história. Maisde 4,8 milhões de torcedores pagaram para acompanhar seus times nos estádios.

Faltam lugares onde sobra paixão

da realsbet: :

O campeonato apresenta uma média de 27.006 pagantes por jogo e supera com folgas a maior marca da história: edição de 1983, com 22.953 torcedores.

Em comparação ao ano de 2022, que registrou a terceira melhor marca de público competição nacional, o crescimento é de 28,4% até a 19ª rodada.

Com mais de 35 pagantes por jogo na Fonte Nova, torcida do Bahia tem feito bonito no Brasileirão Assaí
Créditos: Felipe Oliveira/EC Bahia

Responsável por organizar o Brasileirão Assaí 2023, o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, afirma que o sucesso da competição é a prova do profissionalismo da entidade e de todos os envolvidos no campeonato. Ele agradeceu também o apoio dos torcedores que lotam as arenas a cada rodada.

“É uma alegria encerrar o primeiro turno do Brasileirão Assaí 2023 com essa média de público histórica. Esses números recordes comprovam o profissionalismo da CBF e de todos os envolvidos na competição, clubes, árbitros, atletas e dirigentes”, afirmou Ednaldo Rodrigues, que assumiu o cargo no ano passado.

“Essa média histórica também demonstra a confiança e a paixão do torcedor a cada rodada do Brasileirão Assaí 2023, que se consolida cada vez mais como uma das competições mais fortes do futebol mundial”, acrescentou.

Flamenguistas e são paulinos lotam estádios

Em quarto lugar na tabela, o Flamengo leva o maior número de pessoas às arquibancadas, com média de 54.668 no Maracanã. Além disso, o Rubro-Negro carioca detém o recorde de público em um jogo desta temporada: Flamengo 1 x 1 Cruzeiro, em 27 de maio, válido pela oitava rodada.

Atrás do Flamengo, está o São Paulo, apoiado por 48.650 pagantes por jogo no Morumbi.

Cerca de 48 mil são-paulinos vão ao Morumbi por jogo do Brasileirão
Créditos: Nilton Fukuda / saopaulofc.net

Médias de Público Pagante do Brasileirão Assaí:

1º Flamengo – 54.668

2º São Paulo – 48.650

3º Corinthians – 39.658

4º Palmeiras – 38.249

5º Bahia – 35.533

6º Fortaleza – 33.960

7º Fluminense – 31.488

8º Vasco – 30.651

9º Grêmio – 29.345

10º Internacional – 28.099

11º Atlético Mineiro – 26.003

12º Cruzeiro – 25.747

13º Botafogo – 25.053

14º Coritiba – 24.277

15º Athletico Paranaense – 23.715

16º Cuiabá – 15.739

17º Santos – 10.847

18º Goiás – 8.083

19º Red Bull Bragantino – 5.611

20º América Mineiro – 2.954

Liderança botafoguense

Líder, o Botafogo se destaca em alguns quesitos. O Glorioso está em busca do tricampeonato brasileiro e se igualou ao Corinthians de 2017 com a melhor pontuação do primeiro turno do Brasileirão desde 2006. A equipe somou 47 pontos e está 13 à frente do segundo colocado, Palmeiras.

Impulsionado pelos 13 gols do artilheiro da edição, Tiquinho Soares, o Glorioso tem o melhor ataque da competição, com 35 tentos. Eduardo e Luis Henrique, com três e quatro gols, respectivamente, são outros goleadores que se destacam.

Artilheiro do campeonato, Tiquinho Soares comanda a campanha do Glorioso no Brasileirão
Créditos: Vítor Silva/Botafogo

Melhores ataques do Brasileirão Assaí:

1º Botafogo – 35

2º Palmeiras – 34

3º Flamengo – 31

4º Grêmio e Athletico Paranaense – 28

5º Red Bull Bragantino – 27

A equipe alvinegra sofreu também o menor número de gols até o momento: 11. Para engrandecer ainda mais a campanha, o time tem 100% de aproveitamento quando joga no Nilton Santos, para cerca de 25 mil botafoguenses por partida.

Melhores defesas do Brasileirão Assaí:

1º Botafogo – 11

2º Cruzeiro – 16

3º Palmeiras, Atlético Mineiro e Red Bull Bragantino – 17

4º Fluminense, Fortaleza e São Paulo – 19

5º Cuiabá e Corinthians – 21

Ataques inspirados

Ao longo das partidas, foram 458 gols marcados, uma média de 2,43 gols por jogo. Além de Tiquinho, quem também se sobressai na briga pela artilharia são os atacantes Deyverson e Vitor Roque, de Cuiabá e Athletico Paranaense, com oito gols.

Logo atrás, com sete, estão Hulk, do Atlético Mineiro, e Marcos Leonardo, do Santos – pelo Corinthians, Roger Guedes também marcou sete vezes, mas se transferiu para o futebol do Catar.

Lista de artilheiros do Brasileirão Assaí:

1º Tiquinho Soares (Botafogo) – 13 gols

2º Deyverson (Cuiabá) e Vitor Roque (Athletico Paranaense) – 8 gols

3º Hulk (Atlético Mineiro) e Marcos Leonardo (Santos) – 7 gols

4º Calleri (São Paulo), Eduardo Sasha (Red Bull Bragantino) e Germán Cano (Fluminense) – 6 gols

5º Thiago Borbas (Red Bull Bragantino), Pedro (Flamengo), Raphael Veiga (Palmeiras), Mendoza (Santos), Paulinho (Atlético Mineiro) e Artur (Palmeiras) – 5 gols